Abertura de Conta Corrente

Quais os documentos necessários? Que informações devo receber no momento da abertura? Quais cuidados eu devo tomar?

Segundo o Banco Central, os documentos mínimos necessários para a abertura de conta corrente em uma instituição brasileira são:

- Para pessoa física:

  • documento de identificação (pode ser a carteira de identidade ou carteira nacional de habilitação nos moldes da Lei 9.503/1997!!);
  • CPF;
  • comprovante de residência.

- Para pessoa jurídica (empresas):

  • documento de constituição da empresa (contrato social e registro na junta comercial);
  • documentos que qualifiquem e autorizem (ou seja, que deleguem poderes!!) os representantes, mandatários ou prepostos a movimentar a conta corrente;
  • CNPJ.

Você observou que eu me referi a esses documentos como “documentos mínimos”? Além deles, fica a critério de cada instituição financeira solicitar ou não documentos adicionais.

No momento da abertura da conta, o banco tem o dever de lhe informar a respeito das cláusulas do contrato que você vai assinar para efetivar o processo de abertura. Nessas cláusulas devem conter informações sobre as “regras” para movimentação e manutenção da conta corrente. Exemplo dos assuntos que são abordados:

  • informações sobre fornecimento de talonário de cheques;
  • necessidade de o cliente comunicar a instituição sobre alteração de endereço ou telefone;
  • condições para a inclusão do nome do cliente no Cadastro de Emitente de Cheques sem Fundos (CCF);
  • tarifas de serviços (explicando também sobre serviços que não podem ser cobrados);
  • demais “normas” a serem cumpridas tanto pelo cliente quanto pelo próprio banco.

Portanto, você deve tomar o cuidado de ler cláusula por cláusula com bastante atenção!! Só assine o contrato de abertura de conta se estiver ciente de todas as “regras” do contrato, para não ter surpresas depois da assinatura! Tire todas as dúvidas com o funcionário que estiver atendendo você e também peça cópia de todos os documentos que você assinou! Tudo isso faz com que você fique mais tranquilo com o processo e quando surgir qualquer dúvida você poderá consultar as cópias dos documentos assinados!

Dicas: Em caso de cliente com deficiência visual, a instituição deve providenciar a leitura do contrato em voz alta. Outra coisa que gera confusão é se o banco pode transferir qualquer valor de sua conta corrente para qualquer modalidade de investimento ou até mesmo debitar valores sem a sua autorização. Com relação à aplicação em investimentos, ele SOMENTE pode fazer COM a sua autorização! Já com relação a débitos, ele só pode fazer esse procedimento se tiver sua autorização OU (por exemplo, no caso de tarifas bancárias) se você tiver autorizado no momento da assinatura do contrato da abertura da conta (Note a importância de se LER o contrato INTEIRO!).

Escrevi esse post com as informações que constam no site do Banco Central. Caso tenha dúvidas ou queira saber mais, você pode consultar o link: http://www.bcb.gov.br/pre/bc_atende/port/servicos1.asp#2

Até mais!

About these ads

4 respostas em “Abertura de Conta Corrente

  1. Gostaria que o banco explicasse o que vai ser cobrado do cliente com abertura conta e conta corrente.
    Quando o banco não cobra nada do cliente para manter sua conta corrente , poupança e aplicações em investimentos como cdb ,renda fixa ,di ,fundos conservador.

    • Estou querendo fazer om investimento , mais gostaria de ter garantia total sobre o investimento.Já sei que o fundo garantidor em caso de falencia do banco só garante 70.000,00.
      Pretendo investir 140 mil, qual tipo de investimento devo fazer e não correr risco nenhum?.

      Conto com sua atenção.

      • Oi José! Infelizmente não existe investimento risco zero, mas os investimentos que chegam mais perto disso são os títulos públicos. Eles são considerados “livres de risco”, porque o risco é mínimo: risco de o governo dar calote! Mas ainda assim tem risco…
        Outro investimento de baixo risco é a boa e velha poupança. Espero ter ajudado! Abraço! =)

    • Oi Jose! No contrato de abertura de conta corrente, o banco deve apontar quais são os serviços que geram cobrança de tarifas e quais não geram. Inclusive, no atendimento bancário o banco deve deixar claro como é feita a cobrança das tarifas. Se quiser saber um pouco mais, você pode dar uma olhadinha no post “Tarifas Bancárias – Parte 2″. Abraço! =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s